Ver Imagem Lista
NULL

Anitta é, sem dúvida, a cantora brasileira mais relevante do cenário musical atual. Em 2018, venceu oTroféu Melhores do Ano do Faustão na categoria Cantora do Ano, ganhou o prêmioiHeartMusic Awards,na categoria Social Star,o premio de Cantora Internacional oferecido pelaGQ México, o premio de Hit do Ano no prêmio MTV MIAW 2018, oLatinAmerican Music Awards, na categoriaclipe do ano e o MTV EMA, na categoriaArtista Brasileiro. No Grammy Latino concorreu nas categorias Fusão/Interpretação Urbana, com o singleSua Cara (Major Lazer e PablloVittar) eMelhor Canção Urbana comDowntown, parceria com J. Balvin. Participou do BrazilConference, nos EUA, evento organizado pela Universidade de Harvard e pelo MIT, foi a atração de encerramento do Prêmio MTV MIAW México.

Alice Wegmann tem quase 10 anos de carreira e já foi destaque em diversos papéis importantes na televisão. Uma das atrizes mais elogiadas da nova geração, Alice estreou em 2011, com a personagem Andrea, em Malhação da TV Globo. Desde então esteve em “A Vida da Gente”, “Ligações Perigosas” e roubou a cena na novela “A Lei do Amor”. Na telona, lançou o longa “Tamo Junto” e “O Rastro”. Atualmente, interpreta a vilã de “Órfãos da Terra”, novela das 18h.

Competência e versatilidade são palavras que sempre estiveram atreladas à carreira da jornalista Astrid Fontenelle. Com passagens pela MTV, Manchete, Rede Globo, TV Gazeta e Band, desde 2013 comando o “Saia Justa”, no GNT. No canal, já apresentou o “Happy Hour “e o “Chegadas e Partidas”, pelo qual ganhou  prêmio APCA 2012 de melhor programa, e que voltou em 2018 com nova temporada.

A BATEKOO é a maior plataforma de culturas urbanas com foco nas juventudes negra e LGBTQIA+ do Brasil. Um movimento sociocultural com alto potencial de transformação estrutural, um espaço para celebrar a liberdade de ser e ocupar quem se é. Criada em 2014, em Salvador, nasceu como uma festa despretensiosa e tornou-se um importante manifesto. Liberdade, união, autoestima, ancestralidade são temas fortalecidos pelo coletivo, que valoriza a diversidade e, por meio da música, empodera minorias.

Produtor, roteirista e ator, Bruno Mazzeo, em seus 25 anos de carreira, participou e criou grandes sucessos na TV e no cinema como “Cilada” e “Junto e Misturado” e “Muita Calma Nessa Hora”. Atuou em novelas de sucesso como “Pé na Jaca”, “Cheias de Charme” e “A Regra do Jogo”. Em 2017, estreou a série “Filhos da Pátria”. Em 2019 esteve em cartaz no teatro com o espetáculo “5X Comédia” e lançará a segunda temporada de “Filhos da Pátria” no segundo semestre.

Com mais de 20 anos de carreira, esteve em grandes sucessos da TV como “A Casa das Sete Mulheres”, “A Favorita”, “A Cura”, “Cordel Encantado”, “Império” e “A Regra do Jogo”. Ganhou destaque no cinema em “Onde Andará Dulce Veiga”. Participou da minissérie italiana “Di Padre In Figlia”. Em 2017 estrelou o espetáculo teatral “Forever Young” e, em 2018, “1984”. Atualmente está no ar em “Órfãos da Terra”.

Na TV, atuou em mais de nove novelas e séries dentre elas “Paraíso”, “Tempos Modernos”, “Avenida Brasil”, “I Love Paraisópolis” e “Felizes para sempre?”. No cinema, estrelou sucessos de críticas como “Se Nada Mais der Certo”, “Augustas” e “Entre Idas e Vindas”. Em 2017, lançou “Alguma Coisa Assim” e “Gabriel e a Montanha”, premiado no Festival de Cannes. Em 2018, lançou a série “O Mecanismo”, da Netflix, que já está na sua segunda temporada.

Um dos principais atores de sua geração, estreou na TV na Malhação, em 2012. Na sequência fez “Geração Brasil”, “A Regra do Jogo” e “A Lei do Amor”. No cinema, dará vida a um jovem Pixinguinha na cinebiografia “Pixinguinha – Um Homem Carinhoso”, dirigida por Carlos Molleta. No teatro, estrelou obra infanto-juvenil “Alice no País da Internet” e protagonizou a premiada peça “O Jornal – The Rolling Stone”, dirigido por Lázaro Ramos e Kiko Mascarenhas. Atualmente, está no ar em Segundo Sol, novela das 21h da Rede Globo.

O ator é protagonista do filme “Ricos de Amor” e está no ar como a série “Spectros”, ambos da Netflix. Seu mais recente trabalho na TV foi na novela “Éramos Seis”, da Rede Globo. Danilo estreou na TV em 2015, na novela ​”I Love Paraisópolis​”. No ano seguinte, atuou em “​Rocky Story” e em “​3%”, primeira série brasileira da Netflix.​ Em 2017, estrelou o musical “​Rio Mais Brasil – O Nosso Musical” e, em 2018, deu vida a Valentim, na novela “Segundo Sol”. Danilo também é músico e faz parte do grupo Beraderos.

Dilsinho está conquistando o país com as suas canções, muitas autorais, e com seu carisma e performance no palco. Nascido e criado na Ilha do Governador, Zona Norte do Rio, é apaixonado por música desde infância. Começou a se apresentar aos 13 anos tocando MPB e na adolescência passou a compor as suas primeiras músicas.

Foi como compositor que Dilsinho começou a ganhar espaço no mundo do samba e do pagode, escrevendo para nomes como Thiaguinho, Bom Gosto e Alexandre Pires. “Nessa época fiz grandes amigos e comecei a ter mais espaço no meio como compositor, mas o meu sonho sempre foi cantar, queria ouvir minha voz na rádio. Foi aí que decidi agarrar todas as oportunidades que apareciam”, comenta Dilsinho. Hoje, com uma média de 20 show por mês, Dilsinho está conquistando cada vez mais fãs e mais prestígio no mercado musical.

Começou sua carreira no seriado “Sandy & Junior” e desde então alimentou uma prolixa e importante trajetória na televisão e no cinema brasileiro. Em 2014, estreou como apresentadora no reality show musical “Superstar”, da Rede Globo, e estrelou a série “Amor Veríssimo”, do GNT. No cinema estrelou “O Homem que Desafiou o Diabo”, “Cilada.com”, “Divã a 2” e “Amor no Divã”. Seu mais recente trabalho foi como Solange, vilã de Malhação em 2019. A atriz e apresentadora também segue com o seu projeto “Desengaveta”, do GNT.

Influenciadora digital e empresária, estreou suas redes sociais em 2013 e hoje alcança milhões de seguidores em seu Instagram e Snapchat, onde compartilha seu estilo de vida saudável com muito humor. Case de sucesso no mercado publicitário, Gabriela protagonizou campanhas de diversos segmentos e, em seu canal no YouTube, entrevista personalidades no “Vendi Meu Sofá”.

Historiadora, Comunicadora, Afrotransfeminista, Produtora do Festival TransViva!, Colunista do Influência Negra e Social Media. Integra ao EQUI articulando ações acerca da inclusão de diversidade no mercado de trabalho. É produtora de conteúdo do perfis Trans Preta e uma das autoras do livro Raízes – Resistência Histórica.

Iniciou sua carreira em 2012, como repórter no programa de Adriane Galisteu, após receber um convite da própria apresentadora. Desde então, conquistou uma legião de seguidores nas redes sociais pelo seu carisma e espontaneidade. Comanda transmissões ao vivo dos maiores eventos musicais do país como Rock in Rio, Prêmio Multishow, ambos no Multishow, onde também apresentou o programa “Casa TVZ de Verão”.

Estilista baiano e cheio de axé radicado em São Paulo há 10 anos. Com formação em Design e Gestão de moda também é tecnólogo em produção do vestuário. Atualmente possui sua própria marca de nome homônimo, que virou febre entre influenciadores, fashionistas e artistas. Com roupas femininas e masculinas suas peças são inspiradas em uma moda afro brasileira de identidade contemporânea. Os looks sem gênero também são destaque das suas coleções para que qualquer pessoa se sinta a vontade de usar o que quiser. As modelagens são feitas para homens e mulheres reais, que buscam tecidos confortáveis, acabamento de primeira e aparência marcante.

Jana Rosa é uma das jovens figuras mais espirituosas, inteligentes e um pouco ácidas desse Brasilzão. Ela nasceu em Araraquara, mas, como muitos de nós, mudou de cidade pra estudar desenho de moda — São Paulo, no caso. Ela trabalhou com jornalismo de moda e ficou conhecida como VJ da MTV, posto que ocupou durante 4 anos. De referência das modas Jana acabou vivendo uma transformação pra referência de um bocado de outras coisas. Sua página no Facebook é tipo um bate-papo virtual eterno, onde ela fala, sempre com graça, de política, feminismo, memes, stalkear famosos e crushs, astrologia (ela é super ligada no assunto) e viagens, uma das suas coisas favoritas da vida.

Uma das principais atrizes dessa geração, Jéssica está no ar em “Amor de Mãe”, novela das 21h. Em 2019 estrelou a segunda temporada da série “Filhos da Pátria”. Desde 2016, tem papéis de destaque em produções como a série “Justiça”, a primeira temporada de “Filhos da Pátria” (2017) e “Assédio” (2018). No teatro, protagonizou o espetáculo musical “Meu Destino é Ser Star”, inspirado na obra de Lulu Santos. Em 2018, também lançou “Sankofa”, seu primeiro disco.

É apresentadora, digital influencer e DJ, além de fazer turnê por todo o Brasil com a festa TRETA e com o Baile da Jude. A carioca ficou conhecida na internet com seu famoso ‘Giro de Notícias’, no Snapchat. Atualmente, ao lado de Gominho, comanda uma live especial na página da Universal Music Brasil, na qual comenta as notícias e os últimos lançamentos musicais da gravadora.

Atualmente faz parte do elenco de “Fora de Hora”, novo humorístico da Rede Globo. Em 2019, esteve no programa “Tá no Ar: A TV na TV” e na novela “Órfãos da Terra”. Fez sua estreia na TV em “Cama de Gato”, em 2009. Desde então atuou em “Clandestinos”, “Cordel Encantado”, “Avenida Brasil”, “Louco por Elas”, “Jóia Rara” e “I Love Paraisópolis”. Em 2016, estrelou o filme português “A Canção de Lisboa” e, em 2017, “Chocante”, de Bruno Mazzeo. Em 2018, filmou o longa “Coração de Leão”, ao lado de Leandro Hassum.

Atualmente faz parte do elenco de “Fora de Hora”, novo humorístico da Rede Globo. Em 2020 chegará aos cinemas com “Carlinhos e Carlão”, se primeiro longa como protagonista. Em 2019, estreou sua própria série “Férias em Família”, do Multshow, além de estrelar “Vai que Cola”, no mesmo canal, e “Shippados”, da Globoplay. Tornou-se conhecido do grande público através de suas hilárias participações no programa de comédia Porta dos Fundos. Com extensa carreira nos palcos, já estrelou mais de 30 peças. Em 2015, foi protagonista da série “O Grande Gonzalez”, na FOX, e participou do sitcom “Vai que Cola” enquanto esteve em cartaz com “Buraco da Lacraia Cabaré On Ice”, no Rio, e viajando pelo Brasil com a peça “Portátil”, que concorreu ao Emmy Internacional. Em 2017, participou da nova temporada do “Vai que Cola” e da série infantil “Valentins”, entrou em cartaz com o espetáculo “Gisberta”, aclamado pela crítica nacional e internacional.

Atualmente está na Espanha filmando a terceira temporada de “Alta Mar”, série da Netflix. Em 2020, irá lançar “Cidade Invisível”, criada por Carlos Saldanha para a Netflix. Depois de receber o Prêmio Extra de Ator Revelação de 2010 em seu primeiro papel de destaque na televisão, em “Caras e Bocas”, Marco Pigossi teve uma intensa fase como protagonista e em papéis de destaque na televisão Globo.  Em 2018, estrelou a supersérie “Onde Nascem os Fortes” e lançou seu primeiro longa “O Nome da Morte”, de Henrique Goldman”.

Modelo, apresentadora e influenciadora digital fez expressivos trabalhos de moda, como um editorial para a GQ Itália e campanhas para Benetton e Farm. Na TV, apresentou os programas “Ilhas Paradisíacas” e “Monumentos da Natureza”, ambos no Canal Off. Alimentação saudável, prática de esportes ao ar livre e contato com a natureza fazem parte de seu estilo de vida, que compartilha com seus seguidores nas redes sociais.

Mica Rocha
Após trabalhar como repórter dos programas de Adriane Galisteu e Otávio Mesquita, estreou seu primeiro programa solo, Mapa do Pop, no canal Glitz em 2013. Em 2014, criou, produziu e apresentou o programa S.O.S. Pé na Bunda, da Warner.

Seu impacto nas redes sociais a levou ao posto de embaixadora digital da L’Oreal Paris. Em 2015, lançou seu primeiro livro, Manual da Fossa e em 2016 Amor(EX). Em 2017, lançou seu terceiro livro Manual no Amor Próprio, que figura entre os mais vendidos. Seu mais recente trabalho na TV foi o programa Pedidos Incríveis, no canal Fox Life.

Atualmente está filmando um novo projeto da Netflix Brasil. Seu trabalho mais recente na TV foi como Lalá em “O Tempo não Para”, novela das 19h. Estreou no cinema em 2003, com “Cidade de Deus”. Em 2009, foi o primeiro protagonista negro de Malhação, em sua 16ª temporada. Em 2011, integrou o elenco de “Rebeldes” e ganhou o prêmio de Melhor Ator pelo Troféu Raça Negra 2011 e Melhor Ator Nacional no Capricho Awards. Entre 2009 e 2013, fez parte do grupo Melanina Carioca, e em 2014 lançou seu primeiro EP solo. Em 2017, de início a uma nova fase da sua carreira, adotando apenas o nome “Micael” e participou do programa “Dancing Brasil”. Em 2018, lançou o single “A Noite Toda”, produzido por Anitta que também é sua empresária.

Digital influencer e exemplo de superação para os milhões de seguidores em suas redes sociais, Paola Antonini conquistou o carinho do público com sua história de vida. Sinônimo de credibilidade, a mineira possui parcerias de sucesso com grandes marcas no mercado publicitário. Em 2019 apresentou o NBA Freestyle, programa oficial da NBA, na BAND.

Está no ar com a série “Coisa Mais Linda”, da Netflix. Em seus 10 anos de carreira, Thaila Ayala atuou em oito novelas da Rede Globo, como “Caminho das Índias”, “Páginas da Vida”, e “Pé na Jaca”, e nos programas de TV “Como Canalhas” e “(Des) Encontros”. Em 2014, ela se mudou para Los Angeles para estudar e investir em sua carreira internacional. No ano seguinte,  estrelou os filmes estrangeiros “The Long Home” e “HealHeat”. Em 2017, lançou o programa “O Matador” da Netflix, “Zeroville”, dirigido por James Franco e o live-action Pica Pau. Em 2018, lançou o filme “Talvez uma História de Amor”.

O trabalho de Victor Collor está relacionado à paixão. Criador do blog VIC&CO, compartilha fotografias de street style e conteúdo sobre estilo de vida masculino. Com gosto refinado e elegante, tem um olho verdadeiro e único quando o assunto é o lifestyle que vive, ligado a carros antigos, relógios, restaurantes e viagens. Foi eleito, pela GQ, um dos homens mais elegantes e influentes do Brasil.

Uma das mais importantes e influentes apresentadoras da TV brasileira e premiada atriz de cinema e teatro, volta às telas, em 2019, como protagonista de “Troia”, novela das 21h escrita por Manuela Dias. Este ano marca também sua volta ao teatro, após quase trinta anos, com o Recital da Onça.

“Programa Legal”, “Brasil Legal”, “Central da Periferia”, “Minha Periferia é o Mundo” foram alguns dos projetos concebidos e realizados pela artista. No cinema, atuou em 21 filmes, sendo seu mais recente trabalho “Que Horas Ela Volta”, premiado longa de Anna Muylaert, pelo qual ganhou dois prêmios internacionais.

Nascido em Pernambuco, Renato ficou nacionalmente conhecido por seus personagens em novelas como “Cordel Encantado”, “Joia Rara” e “Velho Chico” da Rede Globo. Em 2019 emplacou como protagonista pela segunda vez consecutiva em “Órfãos da Terra”. Um dos mais promissores atores brasileiros da atualidade, já tem no currículo mais de dez peças, cinco novelas e dois longas-metragens: “Legalize Já”, cinebiografia do Planet Hemp e “Macabro”, thriller de Marcos Prado.

Um dos principais nomes de sua geração, o cantor, multi-instrumentista e produtor capixaba, já lançou seis discos, sendo “Brasileiro” o mais recente.