Ver Imagem Lista

Competência e versatilidade são palavras que sempre estiveram atreladas à carreira da jornalista Astrid Fontenelle. Com passagens pela MTV, Manchete, Rede Globo, TV Gazeta e Band, desde 2013 comando o “Saia Justa”, no GNT. No canal, já apresentou o “Happy Hour “e o “Chegadas e Partidas”, pelo qual ganhou  prêmio APCA 2012 de melhor programa, e que voltou em 2018 com nova temporada.

Apresentadora e Empresária, utiliza as suas redes como meio de fomento de pautas de gordoativismo, empoderamento de pessoas negras e luta contra a discriminação da população LGBTQIAP+.

Palestrante e comunicadora através de vídeos, podcasts e performances artísticas (dentro e fora do mundo digital).

Giovanna Heliodoro é historiadora, comunicadora, produtora e colunista do BuzzFeed. Simbolo da luta a favor da igualdade de gênero, ela aborda assuntos atuais e sociais, levando debates para as suas redes. Além de acumular mais de 109 mil seguidores no Instagram, a mineira é apresentadora do canal “Trans Preta”, no Youtube. Nele, ela compartilha as suas vivências em meio a transição, discute questões sociais, raciais e sobretudo ligadas a gênero e sexualidade. Além desses, ela também fala sobre beleza, entretenimento e gastronomia.

atriz e diretora nascida no méxico mas brasileira de criação, lançou recentemente duas séries: “O Rei da TV e “Compro Likes”, ambas da Star+. São 22 anos de uma carreira versátil, a sua estreia na televisão foi na premiada minissérie “Os Maias” em 2011; na sequência, vieram mais de 10 projetos na TV Globo. Como apresentadora, liderou o programa de viagens “Oi, mundo afora” (GNT). Em seguida, estrelou a série “Mandrake” na HBO, “Avassaladoras” na FOX, “Bela, a Feia” na TV Record, também fez parte da série “Homens?” (Amazon) e da série “O Escolhido” (Netflix). Internacionalmente, esteve em filmes como “Os Mercenários” do ator Sylvester Stallone, no Chile com o filme “Caleuche, O Chamado do Mar” e “O Mistério da Estrada de Cintra” em Portugal. Em 2015 foi a protagonista do sucesso “Os Dez Mandamentos” na TV Record, e participou do espetáculo argentino “Fuerza Bruta”. Itié dirigiu campanhas para o coletivo de ativistas feministas “NI UNA A MENOS”, sobre empoderamento feminino, e também o filme/clipe “OCITOCINA”.

A atriz e apresentadora paulistana teve bastante destaque com as novelas  “Travessia” e “Um Lugar ao Sol”, ambas tramas das 21h na TV Globo. Atualmente está finalizando a sua participação no remake da novela “Dona Beja” para  a HBO Max. A artista tem uma trajetória ascendente: está no elenco do filme “Malês”, dirigido por Antônio Pitanga, e também no drama “Medida Provisória”, de Lázaro Ramos, pelo qual já foi dirigida como uma das protagonistas da premiada peça “O Jornal – The Rolling Stone”. Ela também desbrava o projeto solo autoral “Ensaio Sobre Ter Voz”, com apresentações até em Paris, e apresenta o “Momento Trailer“, programa dedicado ao audiovisual no Canal Like. Indira iniciou a sua carreira como repórter e estreou como atriz em 2014 na Cia. Banquete Cultural com duas montagens teatrais. Multifacetada, de lá para cá pôde ser vista nas séries: “3%” (Netflix), “Rotas do Ódio”, “Os Ausentes” (HBO) e “O Negociador” (Amazon Prime), já no cinema com os filmes “Cidade Pássaro” e “Tinnitus”.

Uma das principais artistas da sua geração, Jéssica apresentou no ano passado o reality show gastronômico “Cook Island” do GNT, também fez sucesso cantando como a “gata espelhada” no 1º “Masked Singer” e como atriz na novela “Amor de Mãe”, no horário nobre da TV Globo, com a personagem Camila. Desde 2016, teve papéis de destaque em produções como a série “Justiça”, as duas temporadas de “Filhos da Pátria” (2017/2019) e “Assédio” (2018). No teatro, protagonizou o espetáculo musical “Meu Destino é Ser Star”, inspirado na obra de Lulu Santos. Como cantora: em 2018 lançou o seu primeiro álbum autoral “Sankofa”, e, em 2020 veio com o “Macumbeira”, seu segundo álbum.

É apresentadora, digital influencer e DJ. Ficou conhecida na internet com seu famoso ‘Giro de Notícias’, no Snapchat, e atualmente roda o Brasil inteiro em turnê com seu set “Brasilidades”, especializados em música brasileira. Nas suas redes sociais, Jude, como foi carinhosamente apelidada, mostra o seu dia-a-dia e conversa sobre empoderamento feminino e as liberdades da mulher moderna. Ela também apresenta o podcast  de entretenimento do UOL “Splash”, onde comenta noticias do mundo dos famosos, com Zeca Camargo e Chico Barney. Beleza, música, saúde e empoderamento feminino: são os principais assuntos abordados no seu perfil.

Luanda Vieira é jornalista especializada e apaixonada por moda, beleza e wellness. Passou pelas revistas femininas da Edições Globo Condé Nast, Glamour e Vogue. Na primeira, foi editora de moda, onde desenvolveu o olhar apurado para tendências e se tornou especialista em street style, com experiência em coberturas de Semanas de Moda Internacionais, como Nova York e Londres. Na Vogue, foi editora de beleza e wellness. A paulistana fez parte da primeira turma do Comitê Global de Diversidade e Inclusão da Condé Nast, ao lado de 19 funcionários da Condé Nast ao redor do mundo, com comando de Anna Wintour. A jornalista foi a única brasileira selecionada para integrar o grupo que, durante dois anos, criou ações globais para tornar a empresa um ambiente mais diverso e inclusivo em todos os seus mercados

Uma das influenciadoras mais marcantes de sua geração, criadora de conteúdo, estilista e empreendedora, Magá inspira milhares de pessoas diariamente ao compartilhar o seu lifestyle cheio de energia, estilo único e paixões. Ela está em São Paulo há duas décadas, saiu da Bahia ainda muito jovem com sede para desbravar o mundo. Se destacou na internet numa época em que não haviam muitas referências de mulheres negras na moda, trouxe um frescor a estética afro com suas tranças coloridas e inúmeros penteados. Hoje ocupa espaços que ultrapassam as redes sociais, presente em campanhas publicitárias de peso e cobrindo os principais festivais de música. Com uma comunicação assertiva e muito pessoal, é uma mulher que reconhece e se orgulha da sua potência, formando um exército de “Clôguidores” que para além de a seguir replicam o seu estilo de vida.

Digital influencer, palestrante, apresentadora e atriz, é exemplo de superação para os milhões de seguidores em suas redes sociais, recentemente repercutiu com a sua participação emocionante na minissérie da netflix ” Todo dia a mesma noite”, sobre o incêndio da boate Kiss e entreteve o público com o programa “Logo Ali” pela TV Globo Minas. Paola conquistou o carinho do público com sua história de vida. Sinônimo de credibilidade, a mineira possui parcerias de sucesso com grandes marcas no mercado publicitário. Em 2019 apresentou o NBA Freestyle, programa oficial da NBA, na BAND.

É atriz e apresentadora; recentemente participou do filme “Escola de quebrada” (Paramount) e da novela das 21h “Um Lugar ao Sol”  (TV Globo), além de ter protagonizado a série de sucesso “Coisa Mais Linda” (Netflix). Natural de São Paulo, Pathy começou a sua carreira como modelo, ainda estrela grandes campanhas das principais marcas do país e editoriais para diversas revistas. Em 2012, participou da novela “Avenida Brasil”, comandou dois programas da MTV: “Top10” e “Acesso MTV”, foi repórter do “Video Show” na Globo entre 2013 a 2015, e, emendou quatro projetos de séries como atriz, sendo eles: o “Rua Augusta” na HBO Max, “Rotas do Ódio” no Globoplay, “Desnude” do GNT e “Desencontros” do canal Sony. Em 2021 participou do espetáculo online “10×10” dos irmãos Leme.

Mulher, negra e comunicadora há quase 20 anos, a profissional de rádio, TV e palco, sempre esteve comprometida com o combate ao racismo, sexismo e intolerâncias de toda ordem. Do jornalismo ao entretenimento, das redes socias às telas da TV, nas ondas do rádio, nas apresentações pelo país sempre com olhar altivo e o punho cerrado: Ubuntu.

Na mídia nacional, Rita integrou o programa Muito Mais e A Liga, na Band, e apresentou o quadro Saia Pelo Brasil, do programa Saia Justa, da GNT.

Criadora de conteúdo e realizadora do podcast Tudo Odara, Rita também é mestre de cerimônias. Em seu portfólio, traz parcerias com grandes marcas.

Atualmente Rita também está nos programas da Super Manhã Globo, na TV Globo.

Thaila atualmente apresenta o videocast “mil e uma tretas”, como atriz está na globoplay com o suspense “Inverno”, longa-metragem escrito e protagonizado por ela. Em seus 11 anos de carreira, Thaila atuou em sete novelas globais (“Caminho das Índias”, “Sangue Bom”, “Ti-ti-ti” e outras) e nos seriados: “As Canalhas” (GNT/2014) e “(Des) Encontros” (Sony) . Em 2014, ela se mudou para Los Angeles para estudar e investir em sua carreira internacional. No ano seguinte, estrelou a produção estrangeira “Paradise Inc”. De volta ao Brasil em 2017, lançou o faroeste “O Matador” da Netflix, “Zeroville” e “The Pretenders” dirigido por James Franco, além do live-action infanto-juvenil “Woodpecker” (Pica Pau). No ano seguinte, lançou nos cinemas a comédia romântica “Talvez uma História de Amor”, ao lado de Mateus Solano. Em 2019 teve destaque com a série “Coisa mais linda”, sucesso da Netflix, como a jornalista Helô. Em 2020 lançou “Lamento”, do diretor Marco ricca. Em 2021 protagonizou os filmes: “Moscow” (Amazon Prime) e Distrito 666 (Globoplay).

Uma das mais importantes apresentadoras da TV brasileira, e, consagrada atriz do nosso audiovisual, Regina voltou às novelas do horário nobre da TV Globo com “Amor de Mãe” como a protagonista “Dona Lourdes”, uma mãezona que conquistou o coração dos brasileiros. Ela também voltou ao teatro, após quase trinta anos afastada, com o monólogo “Recital da Onça”. “Esquenta”, “Um pé de quê?”, “Programa Legal”, “Brasil Legal”, “Central da Periferia”, “Minha Periferia é o Mundo” e “Muvuca” foram alguns dos projetos concebidos e apresentados pela artista multifacetada, que sempre se envolve em projetos diversificados que agregam valor às discussões socioculturais no país. No cinema, atuou em 21 filmes, protagonizando os últimos projetos: “Três Verões” (2019) de Sandra Kogut e “Que Horas Ela Volta?” (2015), aclamado longa-metragem da cineasta Anna Muylaert, pelo qual ganhou dois prêmios internacionais.