Ver Imagem Lista

Cantora brasileira mais relevante da atualidade, vendeu mais de 1.5 milhões de discos e seus videoclipes já ultrapassam a marca de 2 bilhões de visualizações. Em 2017, deu início a sua carreira internacional com o com single em espanhol Paradinha e convite de Diplo, participou de Sua Cara, single do Major Lazer. Com seu projeto #CheckMate, lançou um clipe por mês entre setembro e dezembro desse ano. Will I See You, seu primeiro totalmente em inglês, Is That For Me, em parceria como DJ Alesso, DownTown com J Balvin e Vai Malandra são sucessos incontestáveis no Youtube e no Spotify. Em 2018, fez história lançando Indecente, primeiro videoclipe brasileiro transmitido ao vivo. Foi eleita a Melhor Cantora de 2017, pelo Prêmio Multishow, ganhou o prêmio de Mulher do Ano da Revista GQ, participou da Brazil Conference, nos EUA, evento organizado pela Universidade de Harvard e pelo MIT, foi a atração de encerramento do Prêmio MTV MIAW México e participa do programa La Voz, no mesmo país. Este ano também lançará Clube da Anittinha, seu desenho animado.

Cantora e compositora baiana, iniciou seus estudos em música na Escola Baiana de Canto Popular. Em 2011, começou suas apresentações nos principais palcos de Salvador e a partir de 2014 pelo sudeste brasileiro. Em 2015, participou da Casa de Criadores, em São Paulo, cantando no desfile do baiano Isaac Silva. Em 2017, a lançou seu primeiro disco “Um Corpo no Mundo”, o projeto recebeu o primeiro lugar com o Prêmio Afro, da Petrobrás. No segundo semestre de 2018, Luedji se prepara para a turnê de seu primeiro disco por cinco estados do país, com apoio do Natura Musical.

Estreou no cinema em 2003, com “Cidade de Deus”. Em 2009, foi o primeiro protagonista negro de Malhação, em sua 16ª temporada. Em 2011, integrou o elenco de “Rebeldes” e ganhou o prêmio de Melhor Ator pelo Troféu Raça Negra 2011 e Melhor Ator Nacional no Capricho Awards. Entre 2009 e 2013, fez parte do grupo Melanina Carioca, e em 2014 lançou seu primeiro EP solo. Em 2017, de início a uma nova fase da sua carreira, adotando apenas o nome “Micael” e participou do programa “Dancing Brasil”. Em 2018, lançou o single “A Noite Toda”, produzido por Anitta que também é sua empresária. Atualmente está no ar como Lalá em “O Tempo não Para”, novela das 19h,

Com 35 anos de uma carreira cheia de sucessos em diversas frentes, é um dos grandes nomes da música e da dramaturgia brasileira atual. Foi vocalista dos Titãs por três décadas e fez parcerias com artistas como Cassia Eller, Roberto Carlos, Alexandre Pires, Sabotage, Johnny Hooker, entre outros. Seu mais recente álbum, “A Gente Mora No Agora”, está indicado para melhor disco do ano pela Billboard, APCA e Red Bull.

Estreou no cinema em “O Invasor”, de Beto Brant, pelo qual ganhou dois prêmios, assim como por seu trabalho em “É Proibido Fumar”, de Anna Muylaert. No teatro, protagonizou a peça “Chet Baker, apenas um Sopro”, em 2016. Na TV, foi jurado do “X Factor Brasil,” da Band, apresentador do “Extraordinários”, do SporTV, participou das séries “Sessão de Terapia”, do GNT, e “Sob Pressão”, da Rede Globo. Em 2018, estará na série “Assédio” e o filme “Como é Cruel Viver Assim”, de Julia Rezende.

 

Um dos principais nomes de sua geração, o cantor, multi-instrumentista e produtor capixaba, já lançou seis discos, sendo “Brasileiro” o mais recente.